sexta-feira, junho 30,20:15
Porque ás vezes...
imagem: ?


Não me apetece escrever...


" Como crianças que brincam a beira-mar,
e constroem pacientemente
castelos na areia a rir.

Mas enquanto contruís
vossos castelos de areia,
o oceano traz mais areia à praia.

E quando os destruís,
o oceano ri convosco.

Realmente, o oceano
ri sempre com os simples.

Vós que caminhais voltados para o sol,
que imagens reflectidas na terra
são capazes de vos reter? "

(Texto de Kahlil Gibran em O Profeta)
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 15 comments
domingo, junho 18,18:52
Num domingo qualquer
Não digo que seja fácil porque dá muito medo de errar e estragar tudo... Também não é difícil... mas é chato!!!

Principalmente quando queres despachar e tens infinitas possibilidades de coisas para fazer pela frente... O que vale é que eu sou persistente. Leia-se persistente e não teimosa, isso não.

Comprei um berbequim... :-O eu sei... (no comments on this please) e eu mesma fiz os furos, que saíram bem-feitos e até ficaram alinhados, por incrível que pareça!!! E como se não bastasse, pendurei as cortinas da sala :-)

E depois? sim, ainda houve um depois...

Inspirada e com muita vontade resolví por o candeeiro, este foi mais complicadinho, desliguei todas as luzes porque afinal de contas um choque não caía nada bem... e já está!

Querer é poder... e poder é não ter que esperar por alguém para fazer o que queremos...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 28 comments
sexta-feira, junho 9,20:04
Tudo ao seu lugar

Parece que sim.

Que depois destes meses malucos as coisas vão voltar aos seus lugares. Não aos lugares a que pertenciam antes, mas aos que pertencem agora.

"Home is where the heart is", nada mais certo. A nossa casa é onde está o nosso coração, não importa o lugar onde estamos.

Vai connosco a todo lado porque é parte de nós e vice-versa. E assim é com o que somos, com a família, os amigos, os nossos lugares de eleição, as lembranças, a saudade, as nossas coisas.

E seguimos pensando que todas estas coisas são "nossas"... não acho que seja verdade. Nós é que lhes pertencemos, por amor.
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 33 comments