terça-feira, agosto 29,20:11
Com a palavra: as T-Shirts
Passeava eu distraída, assim... naqueles dias em que caminhamos pelas ruas sem rumo, e parei numa montra a “ler” uma T-shirt:

"Doei todos meus órgãos, o coração já está em teu nome."

Gostei tanto, que resolvi fazer uma lista das frases mais criativas:

1. Cantadas

  • Não sou o que pensas..., mas tenho o que gostas...
  • Não sou perfeita, mas algumas partes de mim, são muito interessantes...
  • Ultimamente tenho notado nos teus olhos um desejo incrível de ir pra cama comigo, podes confirmar com um sorriso...
  • Tu não és uma pessoa fácil, eu é que sou irresistível.
  • Se eu estiver bêbado, e se fores bonita, aproveia-te de mim!!!

2. A Bebida

  • A bebida é a pior inimiga do homem..., mas o homem que foge do seu inimigo, É UM COBARDE!
  • A bebida mata lentamente, o que vale é que eu não tenho pressa...
  • Não existem mulheres feias, tu é que bebeste pouco.
  • Evite a ressaca, mantenha-se bêbado!!!

3. Trabalho, política e etc...

  • 7º Mandamento: não roubar..., o governo detesta concorrência.
  • Se não és ladrão, político, empresário ou banqueiro... cuidado, podes ser preso a qualquer momento!
  • Não procuro trabalho, porque tenho medo de o encontrar!
  • Ama o teu País! Ele não tem culpa dos filhos que tem.

4. Outras

  • The truth is out there…, alguém sabe o URL?
  • Camião parado não pega frete!
  • Eu só não mando a minha sogra para o inferno, porque tenho pena do diabo!
  • Dívidas pra mim são sagradas. Deus lhe pague.
  • Existem três tipos de homens: os ricos, os bonitos e os que não me interessam.


De facto, vestir a camisa, (neste caso a T-shirt), já serviu de "bandeira", "porta-ideologia", "protesto", já fez parte de campanhas publicitárias e de caridade, entre outras.

Na empresa em que eu trabalho, desde que lá estou, fizémos pelo menos uns 10 modelos diferentes de T-Shirts a promover a nossa marca/produtos e ainda assim, sempre que as distribuímos entre os nossos clientes, parceiros e colaboradores, é uma festa.

Mas voltanto às frases acima, o que eu gostava realmente de saber, é a que mais gostam e porquê...

 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 22 comments
domingo, agosto 27,21:28
Gente-Casa x Gente-Apartamento
"Existe gente-casa e gente-apartamento. Não tem nada a ver com o tamanho: há pessoas pequenas que você sabe, só de olhar, que dentro têm dois pisos e escadaria, e pessoas grandes com um interior apertado, sala e quitinete. Também não tem nada a ver com carácter. Gente-casa não é necessariamente melhor do que gente-apartamento. A casa que alguns têm por dentro pode estar abandonada, a pessoa pode ser apenas uma fachada para uma armadilha ou um bordel. Já uma pessoa-apartamento pode ter um interior simples mas bem ajeitado e agradável. É muito melhor conviver com um dois quartos, sala, cozinha e dependências do que com um labirinto.

Algumas pessoas não são apenas casas. São mansões. Com sótão e porão e tudo que eles comportam, inclusive baús antigos, fantasmas e alguns ratos. É fascinante quando alguém que você não imaginava ser mais do que um apartamento com, vá lá, uma suíte, de repente se revela um sobrado com pátio interno, adega e solário. É sempre arriscado prejulgar: você pode começar um relacionamento com alguém pensando que é um quarto-e-sala conjugado e se descobrir perdido em corredores escuros, e quando abre uma porta, dá no quarto de uma tia louca.

Pensando bem, todo o mundo tem uma casa por dentro, ou no mínimo, bem lá no fundo um porão. Ninguém é simples. Tudo, afinal, é só a ponta de um iceberg (salvo ponta de iceberg, que pode ser outra coisa) e muitas vezes quem aparenta ser apenas uma cobertura funcional com qrt. sal. lavab. e coz. só está escondendo as suas masmorras."

Texto do escritor brasileiro Luís Fernando Veríssimo, em "O melhor das comédias da Vida Privada"
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 18 comments
quinta-feira, agosto 24,23:02

O que torna belo o deserto... é que ele esconde um poço nalgum lugar.

(Saint-Exupéry)
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 14 comments
quarta-feira, agosto 23,00:00
Respostas
14.Ago.2006

Outro dia apanhei-me em pensamentos, daqueles que parecem inofensivos, mas que ás vezes mexem cá dentro.

Tudo porque ví o filme “A casa da Lagoa”... que conta a história de duas pessoas que se apaixonam no tempo errado, ou melhor com 2 anos de diferença entre o tempo dela e o tempo dele...

Mas de volta aos meus pensamentos, uma pergunta feita no filme pela protagonista para ela mesma, ficou a martelar a minha mente, ou o meu coração, quem sabe?

E se cada um de nós só tiver o direito de se apaixonar verdadeiramente uma única vez? E se a tua vez já passou e não a soubeste reconhecer? E se a pessoa por quem te deves apaixonar perdidamente nunca cruzar o teu caminho? E se cruzar, o que vais fazer?

Algumas pessoas dizem que se ama várias vezes durante a vida, outras que se pode gostar muito de algumas pessoas, mas amar no sentido verdadeiro da palavra, só uma vez...

Como eu não tinha uma resposta coerente para nenhuma destas perguntas, achei melhor estar sossegada e deixar de pensar...

É que não vale a pena sofrer por antecipação ou quem sabe, sofrer pelo que já passou...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 18 comments
domingo, agosto 20,22:41
Perdida
12.Ago.2006

De facto demorei algum tempo a fazer o caminho...

Levantei-me de madrugada, com pensamentos rápidos e precisos a vencer a vontade de estar na cama e deixar tudo para a manhã seguinte...

Levantar, banho, malas no corredor, regar as plantas, ver se não esquecí nada, fazer a cama, fechar as janelas, dar duas voltas com a chave na porta, chamar o elevador, por tudo no carro, levar o lixo para fora, enfim na estrada...

Um CD que não me faça dormir... parar nas bombas para ver os pneus (isto devia ter feito no dia anterior, mas não tive tempo), distraí-me, errei a saída... tantas voltas, não consigo voltar para trás. É madrugada e estou sózinha na estrada...

Não há de ser nada, estou cansada, com sono e faz muito calor.
O sol nasceu há algum tempo, mas a Lua ainda lá está porque a vejo daqui...

... sinto o cheiro do mar e a brisa... são a minha recompensa.
Entro na água... e tudo é exactamente como eu queria que fosse...

Livre, mergulho uma vez, e outra, e outra... sinto-me no céu, mas na verdade estou no mar..., mesmo alí... onde gosto de me perder, porque sei que a seguir, me vou encontrar.
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 10 comments
sexta-feira, agosto 11,17:45
Este blog está de férias!

Abriu a janela e saiu.
Volta daqui a alguns dias...

 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 20 comments
quarta-feira, agosto 9,19:14
Hoje é noite de Lua Cheia
Existem muitas lendas sobre o poder da Lua.
Muitas delas fazem sentido e outras não.

Tão importante no equilíbrio da Terra, a Lua controla as marés... e alguns pescadores dizem que os cardumes também.

Para os índios quando uma mulher está grávida, esperam o nascimento depois de nove Luas, atenção... nove Luas que correspondem exactamente ao número de semanas de uma gravidez. As colheitas também são regidas pela Lua, em conjunto com os solstícios de inverno e verão.

A Lua Cheia é fertilidade, poder, sensualidade, representa o sentimento feminino, mostra como lidar com as emoções e traz lembranças sobre vidas passadas... para os que acreditam nos poderes ocultos.

Para a Wicca, a melhor maneira de fazer contato com a Deusa é através das fases da lua. Celebrações em forma de caminhada, ceia com amigos ou meditação à luz do luar. Acender uma vela é sempre muito importante em cada fase da lua que com sua forma oval, sugere fecundidade, sendo considerada "A Deusa Mãe".

09/08/2006 Lua Cheia - Momento em que a Lua encontra-se a 180º em relação ao Sol, formando uma oposição. A partir do dia do início da Lua Cheia, ela caminha para a fase minguante. Os sete dias após o início da Lua Cheia são favoráveis aos relacionamentos sociais; à conscientização de bloqueios, dos obstáculos e dos problemas; às mudanças de residência; ao abandono de hábitos antigos; à comunicação de novas idéias e planos; às atividades que exigem força de vontade e determinação.

Para mim a Lua é linda, romântica, feminina e indispensável.
Hoje á noite vou à janela, não quero perder o espetáculo desta lua tão cheia de verão...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 20 comments
sábado, agosto 5,10:23
Falta 1 semana...
É incrível.

Quanto mais as férias se aproximam, mais difícil é deixar de pensar nelas, e seguimos os dias que as antecedem a fazer a contagem regressiva. Excusado será dizer que o nosso pensamento a qualquer hora e em qualquer lugar vai parar sempre ao mesmo:

O que levar? Levo tudo e mais alguma coisa e no fim, volto com a mala cheia sem ter usado metade das coisas que lá estavam!!!

Que livro escolher? Como não tenho vergonha na cara e compro mais livros do que aqueles que posso ler, chego sempre a um problema inevitável... não consigo escolher! A minha intuição diz-me para levar uma leitura leve, um livro pequeno que possa ler na areia... mas acabo sempre por fazer o contrário.

Este ano até comprei umas barbatanas, porque estou a precisar nadar... mas o que de facto acontece é que chego à praia e com o barulho do mar, a única coisa que me apetece fazer é dormir: shame on me!!!

Depois, a cada vez que tento ter alguma disciplina na alimentação, vem sempre alguém desviar o meu caminho... (às vezes sou eu quem desvia toda a gente do caminho) e acabo por comer tudo e mais alguma coisa... O que vale é que lá, toda a comida é saudável... grelhados, vinho, saladinhas.

Sobe falésia, desce falésia, passeio no pinhal... e há ainda as noites na varanda alentejana com a Lua de fogo ao fundo, o barulho dos bichos, a Mauí (cadelinha estrela das fotos) que é das melhores companhias para todas as horas e passeios... os vizinhos que são a dona Silvina e o Ti Mané... ... ...

Este ano passo uma semaninha só... as férias grandes, de 3 semanas estão guardadas para Dezembro... mas isso são cenas dos próximos capítulos...

 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 20 comments