segunda-feira, janeiro 30,23:12
O poder das palavras
As palavras têm o dom, a depender de quem as diz, de provocar em nós todo o tipo de sensações.

Existem aquelas que são como uma bofetada, secas, directas, não nos deixam tempo sequer para reagir, outras nos chegam devagar, sem que queiramos ouvir... mas sabemos desde o início o que querem dizer.

Há ainda as palavras que dizemos e não queríamos ter dito, as ditas para provocar a reacção que queremos, as que não dizemos e deixam tudo por dizer, as que aproximam e outras que afastam e aquelas que dizemos, mas lá dentro, no fundo... não são nada, mas nada do que foi dito...

Algumas são as que dizemos com vontade, de alegria, de amor, de coragem, de rir. As de valor... essas, normalmente pensamos, escrevemos, guardamos para nós...

E depois restam algumas, poucas, raras, guardadas que falam de ti, do outro, do "nós" que podem nunca sequer um dia, ter a oportunidade de sair do nosso pensamento...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 27 comments
domingo, janeiro 29,18:48
Let it snow
Hoje nevou em Lisboa.

Toca o meu telemóvel, era alguém a pedir que eu fosse a correr para a janela... nariz colado ao vidro frio, o vapor da minha respiração, olhos atentos... e entre um pingo de chuva e outro lá estavam eles, os flocos de neve...

De boca aberta e encostada ao vidro, pouco a pouco ví a chuva transformar-se em neve... e eu que não contava ver isto aqui!


Dizem que há pelo menos 50 anos não nevava...
Algumas crianças daqui da rua foram lá para fora, de mãos ao ar... rir, correr e brincar... só porque a neve estava a cair.

Que bom que foi num domingo, ainda bem que eu estava em casa e que pude correr até a janela...

Lindo...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 20 comments
quinta-feira, janeiro 26,22:52
Pride and Prejudice
Fui ver Pride and Prejudice, de Jane Austin.

A primeira vez vi em série, com o Mr. Darcy (Colin Firth), que agora é interpretado pelo Mattew McFaydden.

Das duas vezes tive a sensação de me ter apaixonado pelos actores, mas agora sei que me enganei... apaixonei-me claro, mas pelo personagem... Não desfazendo as óbvias qualidades que os dois actores têm... Eu gosto mesmo é do Mr. Darcy.

E agora? Apaixonei-me por alguém que não existe!!!
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 26 comments
,13:00
Passa uma Borboleta
Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primeira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento,
Assim como as flores não têm perfume nem cor.

A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move,
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.

A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor.

Fernando Pessoa (Alberto Caeiro)

Existem muitas maneiras de ver a borboleta, as asas, a flor...
Existem muitas maneiras de sentir a cor, o movimento, o perfume...
O que se vê e o que se sente, ás vezes sai de dentro para fora,
outras vezes inunda olhos adentro...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 8 comments
segunda-feira, janeiro 23,23:17
Coisas
Eu hoje podia falar sobre muitas coisas,

a oportunidade de mudança que chega e põe tudo na balança,
o momento e a transparência de que não consigo fugir,
como os nossos amigos são quase sempre um porto seguro,
a dança e a sua música, entre lenços e véus, que me faz feminina e mulher,
alguém que conheço tão pouco ou quase nada, mas que já faz com que eu sinta saudade,
como a nossa maneira de agir pode ser afectada por factores que não controlamos,
como nos podemos sentir observados sem sequer sermos notados...

...eu podia falar sobre tudo, mas prefiro estar calada...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 24 comments
sexta-feira, janeiro 20,22:21



O maior desejo da boca, é o beijo.

 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 40 comments
quinta-feira, janeiro 19,23:32
O Segredo
Todas as pessoas têm os seus segredos e mistérios, a sua maneira de ser... Ás vezes é tão difícil ter um segredo. Nada de mais, só algo que não queremos que as pessoas saibam por não ser o tempo certo.

Um desejo que pode estar quase a ser realizado, um negócio que podemos pensar abrir ou quem sabe fechar, até alguma coisa sem importância, mas que é o nosso segredo.
Há coisas que só devem ser contadas depois de estarem certas!

Porque será que quando as pessoas notam que há qualquer coisa, mas que não conseguem descobrir o que é, criam castelos de areia e ilusões, julgam sem saber os motivos que leva tal segredo a existir, tentam por caminhos estranhos saber o que se passa, ou pior ainda, sentem-se incomodadas por uma coisa que não lhes diz respeito?

Um segredo é um segredo.
Se ainda não foi contado, é porque ainda não chegou a hora, não amadureceu a idéia, não está para acontecer no momento ou se calhar vai ser um segredo para sempre.

Hoje contaram-me um segredo, logo pela manhã.
Gostei da confiança em mim e o segredo está aqui comigo, guardado.
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 13 comments
quarta-feira, janeiro 18,00:07
Luz e Sombra
imagem: aeuropean.org

Facto:
Preto, ausência de luz.
Branco, soma de todas as cores.

Inspiração...
Ausência de luz ou mistura de cores?
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 18 comments
terça-feira, janeiro 17,21:42
Por onde andei
Ainda bem que o meu domingo foi para a preguiça. Desde então não parei um minuto.

Segunda-feira de doidos (como se fosse alguma novidade) e a terça-feira seguiu pelo mesmo caminho... a continuidade da segunda infinita...

Noto perfeitamente que o ano "começou" em força! A coisa boa é que despachei todos os meus urgentes "to do's", um evento incluído... e amanhã (quarta-feira - detalhe: só faltam 2 dias para o fim de semana), tudo indica ser mais tranquilo.

Mas eu não devia dizer isso, cada vez que penso em ter um dia normal... vem a tempestade, mais um tornado e quiçá ainda um terramoto...

É esperar para ver!
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 7 comments
domingo, janeiro 15,15:30
Há dias em que apetece... fazer nada!!!
De mim, para mim:

Ouvir a chuva lá fora?
- Que bom!
Levantar?
- Não... quero estar aqui no quentinho mais um bocado...
Ler?
- Daqui a pouco...
Um post?
- Pode ser
Um filminho?
- Sabia bem
Sair?
- Não apetece
Amanhã é 2a feira...
- Não quero!!!!
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 17 comments
quarta-feira, janeiro 11,21:56
O Amor Infinito de Pedro e Inês
É assim que Luis Rosa descreve a primeira vez que Pedro vê Inês:

"Leu-lhe a nudez da alma. Só o amor tem a limpidez das coisas nuas. Sentiu uma fatal absorção do seu ser no daquela mulher. Amou-a subitamente, com um amor intenso e absorvente, que lhe deu asas à alma e o levaria para além das incertezas de muitas ondas adversas de um mar imprevisto. O desejo queimou-lhe a boca húmida. Como se desde sempre nada quisesse dela e exigisse tudo."

Imagem: Pedro e Inês
Coreografia de Olga Roriz
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 26 comments
domingo, janeiro 8,21:28
Chocolate
Vem do Cacau, fruto amarelo que nasce em troncos de árvores baixas em florestas húmidas e quentes. Do fruto, pode-se comer a polpa ou beber em forma de sumo, das sementes, secas ao sol, faz-se a pasta que dá origem ao fabuloso chocolate.

Proveniente das Américas, os Astecas já conheciam o seu sabor e bebiam um líquido escuro que naqueles tempos chamava-se tchocolatl. Temperado com pimenta e outras especiarias, era bebido frio. Colombo foi dos primeiros europeus a provar.

Difundiu-se pelo mundo, em Espanha perdeu a pimenta e recebeu canela, açúcar e baunilha. Em Paris foram vendidas as primeiras tartes de chocolate, na Alemanha foi criado o primeiro bom-bom. Casanova considerava-o “elixir do amor”, o Marquês de Sade introduziu-o numa das suas novelas obscenas, Henri Nestlé inventou o pó e o suíço Daniel Peter apresentou ao mundo em forma de Chocolate ao Leite.

80% dos desiludidos amorosos consolam-se com chocolate que é rico em magnésio e em feniletilamine (anfetamina do amor), em triptofanina que absorvida pelo organismo, provoca uma série de transformações e em serotonina, importante na regulação do humor. O chocolate, que tem propriedades calmantes e efeitos secundários menos prejudiciais que os anti-depressivos, pode ser considerado como um remédio para os males do amor.

imagem: www.amazingclubs.com
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 23 comments
sábado, janeiro 7,00:54
Engano
Sabem quando têm aquela sensação de que alguém disse alguma coisa para vocês, quando sentem que uma mensagem, frase ou conversa foi para ti e de repente... não era nada daquilo? ...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 20 comments
quarta-feira, janeiro 4,13:50
Solidão
Imagem ?

Pelo Dicionário: Solidão: do Lat. solitudine, através de solidoe, estado de quem está só;

Por Lenine:

Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão
Eu pensei que tinha o mundo em minhas mãos
Como um deus e amanheço mortal

E assim, repetindo os mesmos erros, dói em mim
Ver que toda essa procura não tem fim
E o que é que eu procuro afinal ?

Um sinal, uma porta pro infinito irreal
O que não pode ser dito, afinal
...


Por Meia Lua: Tudo isto e falta mais alguma coisa...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 17 comments
terça-feira, janeiro 3,20:57
A minha mala
- Chaves da casa
- Chaves do carro
- Documentos do carro
- Porta moedas
- Telemóvel
- Lenços de papel
- Creme para as mãos
- Gel anti-bacteriano (para poder lavar as mãos sem precisar ir à casa de banho – modernices)
- Canetas (nem sei porque mais de uma)
- Pastilhas de hortelã
- Painel do rádio do carro
- Vitaminas
- Escova de Dentes
- Óculos de sol
- Bálsamo para os lábios com sabor a framboesas
- Uma dezena de papéis (espalhados) do multibanco...


Porquê nunca tiro lá de dentro à primeira tentativa aquilo que quero?
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 21 comments
domingo, janeiro 1,16:40
Toda a Verdade
"A verdade de outra pessoa
não está no que ela revela,
mas naquilo que não pode revelar.

Portanto, se quiseres compreendê-la,
não escutes o que diz,
mas antes,
o que não diz."

-Khalil Gibran
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 20 comments