sexta-feira, dezembro 30,00:32
Previsões 2006
2006 apresenta características Cósmicas muito interessantes e uma vez que o dia 1 de Janeiro começa com a Lua Nova, são esperadas durante o ano possibilidades infinitas de novos encontros.

Esta Lua Nova, que não se pode ver no céu porque na sua timidez só mostra o lado escuro, vai provocar imediatamente seguida do encontro com “aquela pessoa”, chuva interior de meteoros com grande intensidade...

Durante o encontro, enfeitiçadas pela Lua, as estrelas vão rondar de maneira teimosa a sua mente até o próximo encontro e assim sucessivamente ao longo do ano. Portanto, é preciso não contrariar o Universo e deixar que as constelações façam o seu trabalho.

Atenção: Esta previsão é válida para todos os signos!
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 12 comments
terça-feira, dezembro 27,22:26
Positive thinking
Gosto de andar de livraria em livraria a ver os títulos e é claro, não resisto... e acabo sempre por comprar mais um. E hoje não foi diferente, comprei o Historiador de Elisabeth Kostova, continuo a aumentar a minha pilha... que conta com 9 livros novos que ainda não conseguí ler.

Mas este post é para deixar aqui um pequeno texto de um livro que comprei por acaso, por curiosidade, e que consulto de vez em quando:

"Never ever underestimate the power of a wish; if you wish for something consistently enough as well as deeply, it is bound to come true, making you feel like the luckiest person alive.

A happy soul filled with positive thoughts is sure to attract good luck."

(The Indian Luck Book - Monisha Bharadwaj)
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 11 comments
,16:36
2005
Sempre na última semana do ano, não sei se por hábito ou involuntariamente, começo a fazer uma retrospectiva do ano que passou. Lembro-me de tudo, desde o início e tiro as minhas conclusões.

Não foi um ano fácil, se calhar o mais difícil até agora. Quando olho para trás não sei como ultrapassei algumas situações, tão difíceis, tão inesperadas, todas umas a seguir às outras.

Em Fevereiro perdi uma pessoa, um referencial, que embora não estivesse presente na sua forma original, estava lá... e foi muito duro... Nunca estamos preparados para enfrentar a morte de alguém que significa tanto, que é o exemplo e o alicerce.

Quase ao mesmo tempo perdi a confiança de alguém que me era muito importante. Por tudo o que representava, por todas as emoções, por não acreditar no que me estava a acontecer. Não podia ser, não podia!!! Como??? E a desilusão é devastadora...

Passados alguns meses, perdi outra pessoa da minha família, tão jovem, tão cheia de vida. Alguém com quem eu, infelizmente não estava muitas vezes... foi muito duro, muito difícil.

Não sei como tive forças... ou melhor, sei sim. Lembro-me algumas pessoas que estiveram sempre lá, nos momentos mais difíceis... nunca me abandonaram, correram para me ajudar, para me acompanhar, dar a mão, dar o ombro ou só estar presente. Sabiam exactamente o que eu precisava.

E o tempo passou... 2005 passou. Há tempo para tudo. Tempo para sofrer, tempo para perdoar, tempo para esquecer e tempo para RECOMEÇAR.

Que venha o 2006!!!
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 5 comments
sexta-feira, dezembro 23,13:33
Plano de emergência para depois do Natal...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 19 comments
terça-feira, dezembro 20,15:28
É Natal

"Há uma ilha, onde vão aportar, as garrafas com desejos... Até aquelas que nas ondas, passaram anos a navegar.

Quando o mar encolhe, fica um monte na areia, e alguém as recolhe.

Pescador de dia, de noite arcanjo. Sabe todas línguas... a fazer rima, das mensagens perdidas.

Arquiva pela chegada. Marca com as pegadas que deixa na areia.

Quando um volume é assente, fica anjo e vai ao remetente....."

(Trecho de Garrafas ao Mar - Don Antonio Maragno Lacerda)

Que neste Natal e durante o próximo ano, a tua garrafinha com "aquela" mensagem perdida, seja encontrada na areia...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 20 comments
,12:00
Como te atreves?
...arrebatas meu pensamento, assim, de repente e sem cerimónia tomas a minha mente como se fosse tua...

sais pela minha boca em forma de sorriso cada vez que me lembro das tuas palavras em frases curtas, mas que dizem tanto.

surges daquilo que eu sonhei para mim e deixas-me perdida e sem direcção, sem saber para onde ir.

como te atreves?
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 9 comments
domingo, dezembro 18,19:57
Onde às vezes vou...
para me esconder e acabo por me encontrar...

foto: Meia Lua
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 18 comments
,18:31
No supermercado...
Ir ao supermercado para mim é um castigo... É uma daquelas coisas que tento adiar ao máximo e quando não posso mais fugir desta tarefa... lá vou eu, contrariada, mas vou.

Contente da minha vida por ter escolhido tudo em tempo record, fui à correr para a fila... sim, fila... E parada à espera de ser atendida, normalmente olho para as pessoas à minha volta, a ver como se comportam, o que compram... assim o tempo passa mais rápido!

Perdida em pensamentos, de repente (vindo de um casal da 3a idade):

- Já tens o óleo amor? (pergunta ele)
- Sim, já tenho, amor (ela apressada)

Não consegui conter o sorriso...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 9 comments
quinta-feira, dezembro 15,17:55
Wish List

* Cheiro de terra molhada
* Beijo com sabor a chocolate
* Adormecer ao som das ondas
* Caminhar de mãos dadas
* Cadeirão, chá quente e um bom livro
* Abraço apertado até faltar o ar
* Banho de chuva
* Olhar nos olhos sem precisar dizer uma palavra
* Caminhar devagar a ouvir os sons do pinhal
* Um sorriso sincero de alguém estranho
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 17 comments
segunda-feira, dezembro 12,23:34
Dúvida
"Dúvida é quando sabemos a resposta...
Mas não queríamos que fosse aquela..."

(Não sei quem é o autor)

Não é que eu tenha alguma agora em especial (sim porque dúvidas, existem muitas), mas apeteceu-me fazer este post...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 9 comments
domingo, dezembro 11,00:00
Um dia disseste...
Um dia disseste que os meus olhos prendiam os teus, transparentes das minhas emoções, que eram espelhos d'agua. E quiseste fazer comigo um negócio.

Disseste que pagavas qualquer preço para os comprar... e perdido olhavas em todas as direcções à espera do meu olhar corresponder ao teu.

Eu respondi que como dizia o ditado, "os olhos são o espelho da alma" e que amava os teus porque através deles, olhos de avelã, via quem tu eras... E disse que eles já eram teus. Que os meus olhos não conseguiam ver em outros olhos o que encontravam em ti e fiquei eu presa ao teu olhar, à tua alma, à tua presença...

Os teus olhos... os meus olhos... nós.

Agora pedes-me para levar contigo os olhos que te dei e com eles os meus sonhos...vais vivê-los em outros olhos. E como se isso não bastasse, ainda queres que continue a olhar para ti como se os meus olhos não pertencessem aos teus.

Devolve-me.
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 11 comments
sexta-feira, dezembro 9,14:08
Olha só...

... uma das prendas que eu recebí da Filipa, Ana, Nanda, Sandra, Bela, Isabel e Cré ...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 5 comments
,02:51
Amigos
De tudo o que passou, porque tudo é passado (excluindo o hoje e o amanhã)... a única coisa que fica, que é certa e que se pode contar são os amigos.

Os amigos são aquelas pessoas que nos conhecem com virtudes e defeitos... e mesmo assim continuam ao nosso lado. Nada é mais verdadeiro.

A avó de uma amiga minha dizia-nos sempre em tom de aviso que os amores vêm e vão, mas que os amigos ficam sempre.

Ela tinha razão.
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 5 comments
domingo, dezembro 4,13:00
Esta semana...
...faço anos.
MAS FIQUEM JÁ A SABER QUE É A ÚLTIMA VEZ!
Esta coisa de ficar mais velha acabou e ponto final, não se fala mais nisso.
Os jantares e as prendas podem continuar...
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 23 comments
sexta-feira, dezembro 2,00:25
Para alguém que ainda não sei quem é...

Faz tanto frio, chove lá fora...
Ando pela casa e o barulho da água a cair leva-me à janela...
Céu cinzento, bruma suave.
Chávena na mão, chocolate...quente.
Onde estás tu além de aqui, dentro de mim
?
 
posted by Meia Lua
Permalink ¤ 11 comments